Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Morto por dentro.

por Fernando Lopes, 30 Nov 15

Lentamente, apercebemo-nos que as palavras nada valem. Que a dor se instala e toma conta da alma. Há quem na angústia gere obras de arte, outros como eu, num exercício vão de onanismo tentam a catarse através de palavras, palavrinhas e palavrões que são imprestáveis. Quando algo se quebra em nós resta contemplar os cacos, como se uma visão externa se tratasse. Não existe remédio para esta ânsia de viver que tropeça nos sobressaltos da velhice. Melhor calar-me por ora, até que a vontade de viver e partilhar volte. Morram as ilusões, viva a ilusão!

 

Fecha-se temporariamente esta taberna, esperando que as obras de remodelação no taberneiro surtam efeito. Até sempre.

 

P.S. - Sem outras maleitas que não as da alma, agradeço a simpatia e carinho demonstrados. Porque sei que mesmo por entre o céu mais cinzento há sempre um raio de luz, não é isto um adeus, apenas um até breve.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

2 comentários

De henedina a 01.12.2015 às 07:38

Velho com pouco mais de 50? Fernando não me insulte. Conserte por dentro se for musculo by pass watever...se for depressão tome os comprimidos...se for cancro há tratamento...se for cirrose há tranplante...Se for medo...ha o abraço da sua mulher...se for qualquer deles...vou sentir imenso a sua falta e quando quiser mimo volte...se demorar muito tempo...responda a um dos meus comentários e terei um email e virei de imediato aqui. Beijo e as melhoras! Não deixe que nenhum médico faça de deus consigo...Não é do Porto?  Prognóstico prognósticos só no fim do jogo!

De Fernando Lopes a 01.12.2015 às 19:44

Há comprimidos para dores de alma, Henedina? Vou ali recompor-me e já volto.

Comentar:

De
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.
Comentário
Máximo de 4300 caracteres

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

subscrever feeds