Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

«Mas ele foge, irreversivelmente o tempo foge»

por Fernando Lopes, 21 Mai 15

Scan0024.jpg

 

 

Remexo na carteira à procura de papéis velhos, cartões sem préstimo, talões de compras, vinhetas expiradas de seguros. Encontro esta fotografia, velha de dez anos, e detenho-me a pensar como o tempo passa de modo quase imperceptível. Isto foi ontem, no entanto a bebé que está ao colo já fez dez anos. Recordo-me vivamente de como adormecia deitada sobre a minha barriga ao som de um DVD dos Placebo ao vivo em Paris. «Mas ele foge, irreversivelmente o tempo foge», já o sabia Virgílio.

Autoria e outros dados (tags, etc)

2 comentários

De Sandra a 26.05.2015 às 12:01

A minha modesta opinião é que o tempo não passa, ele voa... E não volta atrás! Mas trás sempre algo bom, diferente e especial quando temos filhos!!

De Fernando Lopes a 26.05.2015 às 12:25

Ser pai fez de mim um ser humano melhor, e isso, independentemente do correr do tempo, é a melhor recompensa que um pai ou mãe podem ter.

Comentar:

De
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.
Comentário
Máximo de 4300 caracteres

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

subscrever feeds