Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Guardado está o bocado…

por Fernando Lopes, 28 Fev 14

para quem o há-de comer. A nomeação de Vítor Gaspar para um alto cargo do FMI não surpreende, é um prémio por «serviços prestados». Faz parte de uma longa tradição política neste país, quem salta do governo assentar poiso em cargos prestigiados e sobretudo bem remunerados. Como dizia a minha avó, mulher simples mais sábia, «quem mexe no mel é que lambuza os dedos».

 

Vítor Gaspar, que na carta de demissão, assumiu um rotundo falhanço das suas políticas, vai para um cargo «acima das suas capacidades».

Autoria e outros dados (tags, etc)

1 comentário

De soliplass a 28.02.2014 às 20:16

Essa do «quem mexe no mel é que lambuza os dedos» da sua avó é sábia.

Esta finaceira de agora também não lhe tardará a propina. Não sei se leu, mas Filipe Tourais explanava-lhe (a ela e outros) um dia destes no seu "O País do Burro" um bonito enxoval. Até dá gosto, ver a respublica de bananas em todo o seu esplendor: http://opaisdoburro.blogspot.com.br/2014/02/nao-ha-propaganda-gratis.html

Comentar:

De
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.
Comentário
Máximo de 4300 caracteres

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

subscrever feeds