Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Formigueiro.

por Fernando Lopes, 17 Out 16

Há uma espécie de morte em vida no facto de se cumprirem sempre as mesmas obrigações, tarefas, percursos. A monotonia mata-me a vontade. Seguem-se dias iguais, uns atrás dos outros, sem que neles descubra encantamento. Tudo me parece mover-se sem sentido aparente, como quando fazemos parte de um imenso formigueiro e seguimos as outras. Obreiras apenas, fazendo tão-somente aquilo que esperam de nós.

Autoria e outros dados (tags, etc)

3 comentários

De Inês a 18.10.2016 às 12:16

É a realidade de quase toda a gente. As rotinas podem ser boas no sentido de trazerem (aparente) estabilidade. Eu tento quebrar algumas, mas tenho que fazer um esforço para isso, ou então quando dou conta, já está a engrenagem a funcionar igual todos os dias. Por exemplo, tenho alterado os percursos de e para casa. E sabe muito bem.
Beijinhos
Inês

De Fernando Lopes a 18.10.2016 às 12:33

Dizem os bifes "No news is good news". Talvez. Mas há algo de Sísifo nestas rotinas que nos consomem.


Beijo

De Ana A. a 18.10.2016 às 14:53

"No news is good news"! Grande verdade! 

Acredite que ao longo da minha vida, já desejei muito a falta de notícias...e senti um contentamento genuíno com a previsibilidade dos acontecimentos, a que se chama "felicidade bovina"! Mas isso sou eu, que nunca fui grande "consumidora" de adrenalina...:)

Comentar:

De
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.
Comentário
Máximo de 4300 caracteres

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • M Manel

    Só agora vi a mensagem anterior - note-se que quem...

  • M Manel

    Uma ajuda... Arranja aí uma base para eu poder de...

  • Anónimo

    Não volta?!Vá lá...Escrever faz bem...e ler também...

  • Anónimo

    Que será feito do gerente desta coisa?Filipe em es...

subscrever feeds