Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

De saltos altos.

por Fernando Lopes, 1 Jun 15

saltos_altos.JPG

 

Não, não virei «traveca», não estou a pensar participar na campanha da Máxima em que latagões apareciam usando requintados sapatos femininos. Hoje, enquanto ia à Conservatória em busca da minha identidade perdida – o BI tinha caducado – notei que nem todas as mulheres sabem andar de salto alto.

 

Em primeiro lugar, às mulheres longilíneas e magras, o salto alto não favorece, fazendo com que fiquem demasiado magras e com um rabiosque diminuto. As pequeninas ou de perna curta beneficiam se usarem tacão alto, mas é imprescindível saber andar na coisa.

 

Duas raparigas entre os 30 e 40 faziam triste figura: uma andava com as pernas abertas, como se tivesse feito chichi por si abaixo; a outra pensava duas vezes antes de estender a gâmbia e pousá-la com extremo cuidado. Pensei que tinha pisado uma poia ou estava a caminhar sobre um campo de minas. Era mesmo só falta de jeito.

 

Seria desculpável se se tratasse de uma jovem adolescente que estivesse a usufruir do calçado materno. Dada a idade das senhoras, não era o caso. Assim, embora seja uma nulidade em moda, sugiro desde já que as meninas se calcem de modo prático, preparadas para uma caminhada. Se insistem em seguir os ditames da moda, por favor treinem antes de vir para a rua fazer tão triste figura.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

2 comentários

De golimix a 01.06.2015 às 20:26

Image

Por acaso ainda no outro dia vi umas moças com uns tamancões, agora muito na moda,  e que dão uma andar tenebroso. Eu e o meu home apreciávamos o andar e deu para rir e ter pena.


Já eu tenho pena de não saber  mesmo andar de salto alto, como tal, é tudo calçado prático e sobretudo confortável. 

De Fernando Lopes a 01.06.2015 às 20:35

Há os sapatos de «manco», que eram aqueles que quando era criança, usavam os tipos que tinham uma perna mais curta que a outra. Estas jovens deslocavam-se com aqueles de salto fininho em que é necessário equilíbrio de funâmbulo. Caricata a escravatura da moda. 

Comentar:

De
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.
Comentário
Máximo de 4300 caracteres

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

subscrever feeds