Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Carta de princípios para o novo ano.

por Fernando Lopes, 23 Dez 15

Diverte-te como se o fim do mundo fosse já amanhã. Protege os fracos, enfrenta os fortes. Pensa com a tua cabeça, e sobretudo com o coração. Foge do rebanho, sê tu mesmo. Marimba-te para o que os outros acham de ti, excepção feita aos que te são queridos. Dá. Dá o que te for possível e dá sobretudo amor. Não te resignes, luta contra que o achas errado, importa menos quem vence mais o empenho com que se lutou. Sê justo, leal, frontal, mesmo que isso te possa trazer dissabores. Ama até que o peito se fique gasto, cansado, mas esplendorosamente feliz.  Perdoa sempre que puderes, o rancor gasta mais energia que ser magnânimo. Abraça um estranho. Bate palmas a um músico de rua. Sorri, mesmo quando o lógico seria chorar. Um novo ano é metaforicamente um renascimento. Aproveita-o, renasce, vive. Tu mereces.

Autoria e outros dados (tags, etc)

2 comentários

De henedina a 23.12.2015 às 01:05

Já é o que eu faço e não é fácil.
Em nenhum ano como este tantas vezes os olhos se marejaram de lágrimas.
Em 2016 não quero que aconteça nem que eu fique mais igual a toda a gente.

De Fernando Lopes a 23.12.2015 às 20:54

Não vai ficar, com certeza. Se se emociona é sinal que ainda sobrevive bem à indiferença. 

Comentar:

De
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.
Comentário
Máximo de 4300 caracteres

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

subscrever feeds