Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ah, faneca.

por Fernando Lopes, 25 Out 16

faneca.jpg

 

Desapareceram expressões populares que adorava. Ouvi hoje uma que designava uma mulher magrinha com tudo no sítio, «faneca». Era usada como piropo, mas nunca que nunca de forma insultuosa. Constatava-se a elegância da rapariga alvo da piada, nada mais. A faneca foi, ao nosso pobre modo, antecessora da top-model ou da modelo de lingerie. A Irina Shayk é uma faneca, a Sara Sampaio também. Desconheço a origem da expressão, apenas posso imaginar. A faneca é um peixe fininho, com muitas espinhas, mas saboroso. É um peixe naturalmente elegante, que brilha sem ter de se armar aos cágados. O companheiro de luta que comigo caminhava, ao ver um outdoor da Intimissimi, deixou fugir a velha expressão. Fez-me sorrir e lembrar algumas fanecas da minha juventude.

Autoria e outros dados (tags, etc)

2 comentários

De Pseudo a 25.10.2016 às 20:12

No outro dia, em contexto de família, calhou o pai do meu filho usar a expressão "Sabes, _______ (alcunha por que trata o filhote), ela é boa cumó milho", relativamente à Irina ou à Sara. Responde o jovem "Mas o milho não é bom, eu não gosto!" sabendo bem o que significa este piropo em particular, estragando assim o momento de olhos a brilhar do pai!
Canalha!

De Fernando Lopes a 25.10.2016 às 21:31

Ter um descendente macho pode trazer desses equívocos, ou pode haver um malandreco como o teu que se faz de palonço só para irritar o velho pai.
Image

Comentar:

De
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.
Comentário
Máximo de 4300 caracteres

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

subscrever feeds