Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

1 comentário

De Fenix a 29.11.2011 às 20:33

Fernando,

Este trabalhador devia instaurar um processo ao estúpido do contabilista, que lhe meteu a mercearia e os tampões nas contas, porque se fossem só despesas de outro quilate, como as viagens, os alugueres de jactos e helicópteros particulares, auditorias e prendas, não teria chamado a atenção.

É pouca sorte a deste assalariado, não ter encontrado um fiscal que lhe aceitasse por ex: uns robalos! :)

Abraço
Ana

Comentar:

De
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.
Comentário
Máximo de 4300 caracteres

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

  • JOSÉ RONALDO CASSIANO DE CASTRO

    O Pretinho do Japão é citado, como profeta, em Ram...

  • Anónimo

    Quando a sorte é maniversa nada vale ao desinfeliz...

  • M Manel

    Só agora vi a mensagem anterior - note-se que quem...

  • M Manel

    Uma ajuda... Arranja aí uma base para eu poder de...

subscrever feeds