Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Her Komissar Nogueira e a putaria

por Fernando Lopes, 6 Out 11



O comissário Nogueira foi à Madeira, inaugurar a sede do Sindicato dos Professores. A nóvel sede da FENPROF custou 3,8 milhões de euros para um universo de 7.500 professores. Contas feitas 506 euros por professor, se todos fossem sindicalizados. Como, segundo o CM [eu sei, a fonte é duvidosa], só cerca de metade dos professores são filiados neste sindicato, o custo passa a 1.012 euros por professor. Um movimento sindical forte é essencial para a defesa de classe e sou, por princípio, defensor do sindicalismo. Mas a dúvida não respondida é de onde surge a verba para uma obra de tal envergadura. Só as quotizações sindicais pagam isto?
Além disso e certamente muito mais grave, Her Komissar é conscientemente instrumentalizado por AJJ que utiliza a inauguração da sede para uma das suas tiradas demagógicas relativas à avaliação de professores. É um sinal de putedo, Nogueira associa-se a um tiranete desde que ele valide as suas opções. Melhor seria adiar esta inauguração, até porque ao Nogueira não basta ser sério, é preciso parecê-lo. Não se trata de um ingénuo, antes de um controleiro velho e rodado que tinha plena consciência das consequências e "interpretações" deste acto público em plena campanha eleitoral. No mundo sindical tem muita putaria ...

Como sei que vagueiam pelo purgatório almas que são professores, fico a aguardar melhor opinião.

P.S. - Demonstrativo do nível de putaria a que conseguem chegar os orgãos "representativos" dos trabalhadores, fiquei a saber, depois de muito "espremer" um membro da Comissão de Trabalhadores da minha empresa, que os comunicados da CT só vão para os e-mails dos trabalhadores depois de visados pelo Conselho de Administração.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

Comentar:

De
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.
Comentário
Máximo de 4300 caracteres

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

subscrever feeds