Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A irmandade do álcool etílico.

por Fernando Lopes, 27 Dez 13

Há anos, ao fazer compras de final de tarde, deparava com uma estranha irmandade. Trabalhadores da construção civil, ucranianos e africanos unidos, após o trabalho, juntavam moedas para comprar pacotes de vinho barato e álcool a 70º. Uma mistura explosiva, destinada a apagar tudo, dor, memória, saudade. Desapareceram. Terão morrido, regressado à sua terra, serão dos que dormem no vão das lojas? O sector que enriqueceu muitos com a sua desgraça, que lhes alimentava o vício, pereceu. Provavelmente, mesmo vivos, morreram com ele.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

18 comentários

De Fernando Lopes a 27.12.2013 às 22:35

Duvido que a maioria tenha tido meios para se deslocar de volta aos países de origem. Mas é sempre bom ler a tua perspectiva, quando julgo que sou um pessimista, zás, vens tu e desfazes-me o sonho. :)

Comentar post

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback