Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A irmandade do álcool etílico.

por Fernando Lopes, 27 Dez 13

Há anos, ao fazer compras de final de tarde, deparava com uma estranha irmandade. Trabalhadores da construção civil, ucranianos e africanos unidos, após o trabalho, juntavam moedas para comprar pacotes de vinho barato e álcool a 70º. Uma mistura explosiva, destinada a apagar tudo, dor, memória, saudade. Desapareceram. Terão morrido, regressado à sua terra, serão dos que dormem no vão das lojas? O sector que enriqueceu muitos com a sua desgraça, que lhes alimentava o vício, pereceu. Provavelmente, mesmo vivos, morreram com ele.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

1 comentário

De O Abominável Careca a 27.12.2013 às 21:38

Boas Noites,

"A Irmandade do álcool etílico" tornou a regressar aos seus países de origem porque cedo se depararam com um caos há muito anunciado. E de certeza que não era a intenção de engrossarem os números de emigrantes sem trabalho e sem perspectivas de futuro. O que está a dar hoje é gente com euros ou dólares que se queira instalar neste pardieiro à troca de uma isenção de impostos por dez anos com o patrocínio do único "Portas", que segundo consta "não gosta de mulheres..."
E daqui a dez anos?! Não sei o que acontecerá nem ele sabe, no entanto o que o alivia é saber que daqui a dez anos já serão "outros" a mandar na "merdaleja" e como é hábito dizer-se.."O último a saír que apague a luz e feche bem a porta"
E para rematar 2014 está à porta com todo o seu esplendor e trará com certeza acontecimentos que até os mais cépticos e carecas ficarão de cabelos em pé!!!

Comentar:

De
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.
Comentário
Máximo de 4300 caracteres

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

subscrever feeds