Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

E que tal entaipar Rui Rio?

por Fernando Lopes, 20 Jun 12

 

Quando miúdo passava os fins de semana na Constituição. O jardim do Marquês era o espaço verde por excelência daquela zona densamente urbanizada. Lá existia uma biblioteca. Pouco mais que um quadrado, uma pequena sala, a abarrotar de livros. À época os mais procurados eram os álbuns de banda desenhada. Entre uma futebolada e outra, passei ali bons momentos. Uma biblioteca infantil, num jardim. Devo confessar que há anos não passo pelo local, mas guardo boas memórias desses tempos em que líamos o Astérix e o Lucky Luke num local público. Activistas quiseram reactivar o espaço, entretanto abandonado. Rui Rio não quer que as crianças leiam. Podem ter ideias. Imaginar. Sonhar. Recorre-se ao expediente do costume. Tal como na Fontinha, tudo pode estar abandonado até que um qualquer grupo tenha uma ideia para o espaço. Aí, o palhaço, mandar entaipar. Antes abandonado do que utilizado. Quem exerce a cidadania são criaturas muito perigosas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

2 comentários

De O Abominável Careca a 22.06.2012 às 07:51

Bons Dias,

Pelos vistos o vosso "contabilista" colhe simpatias de vários quadrantes sócio-políticos e quer se queira quer não ele foi eleito por "VÓS" portuenses e pelo que sei com uma confortável maioria.
Depois claro está são os episódios da Fontinha, do fecho da biblioteca do Marquês, o ódio ancestral coma autarquia de Gaia, as emblemáticas obras na cidade como é o exemplo do belíssimo passeio nos Aliados encomendado ao siza, as óptimas relações com o maior e mais prestigiado clube da cidade, and so on, and so on! O meu conselho a todos é: Votem em pessoas credíveis e com provas dadas e não em figuras legadas a máquinas partidárias caso contrário nas próximas eleições incorrem no mesmo erro...
Um abraço deste Matosinhense que também não tem muitas razões para se regozijar com o edil que tem!!!

De Fernando Lopes a 22.06.2012 às 10:02

Tiro no porta-aviões. Obrigado pelo teu comentário, mesmo na mouche!

Comentar:

De
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.
Comentário
Máximo de 4300 caracteres

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

subscrever feeds