Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

1 departamento, 29 trabalhadores, 1 grevista

por Fernando Lopes, 24 Nov 11


Ao ser o único, entre os 29 do meu departamento a aderir à greve, arrisco bastante. Arrisco-me a ser o primeiro numa série de cortes e despedimentos previstos. Diga-se o que se disser, no sector privado aderir à greve é mais difícil do que no público. Todos têm medo. Dos cortes salariais e dos despedimentos. Provavelmente haveria uma potencial meia-dúzia de pessoas com vontade de fazer greve. Mas, como sempre, acobardar-se-ão. É compreensível. Todos temos a vida por um fio. Mas, é nestas alturas que se distinguem os princípios das conveniências. Por isso, faço greve.

Autoria e outros dados (tags, etc)

1 comentário

De Anónimo a 25.11.2011 às 00:15

"A verticalidade do Homem manifesta-se quando somos fiéis aos princípios que defendemos (...)"

Como disse, e muito bem, devemos pautar a nossa conduta de acordo com os princípios que defendemos.

Não posso, no entanto, concordar com a crítica implícita em relação a quem não defende, entre outros, o princípio (será princípio?) da "greve". Quem não defende esse "princípio", sem, contudo, negar ou desrespeitar esse direito, não pode ser acusado de "infidelidade". Pelo contrário, está (também) a agir de acordo com os seus princípios.

Um bom princípio será respeitar quem pensa de forma diferente.

Cumprimentos

Horizontalidade Vertical (.|.)

Comentar:

De
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.
Comentário
Máximo de 4300 caracteres

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

subscrever feeds