Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A entrevista

por Fernando Lopes, 17 Abr 11

Então Fernando, após 5 meses que balanço fazes do purgatório?

- O conteúdo é uma boa merda, mas ficou bonito.

E o sucesso, está próximo?

- Como qualquer grande, verdadeiramente grande, estou a deixar isto para a posteridade. Só ficarei famoso depois de morto. Todos os conteúdos por mim gerados, estou certo, terão como consequência cinco linhas no obituário do JN, e um funeral com cerca de 50 convivas.

- Como é que te inspiras para o purgatório?

- Basicamente lendo a vida de santos. São José de Sócrates, Santa Angela de Merkel, São Passos de Coelho, são algumas das infinitas santidades que me inspiram neste percurso ascético.

- Quais os posts mais lidos?

O da geração à rasca (Deolinda) em que previ que em breve estaríamos todos à rasca (põe-te a pau, Roubini) e o da depilação genital feminina, o que mostra que apesar da crise há mais gente a lamber vaginas do que cus. E isso é sinal da integridade de um povo.

E o que esperas para o futuro?

- Mais dores nas costas, mais hemorroídas e um decrescer da acuidade visual.

Algumas últimas palavras?

- Quem leu isto até ao fim sem vomitar, vai directamente para o céu sem passar pelo purgatório. Bem hajam pela infinita paciência.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Comentar:

De
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.
Comentário
Máximo de 4300 caracteres

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

subscrever feeds