Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Querem guerra? Tê-la-ão!

por Fernando Lopes, 13 Out 11


"Quando se liquidam empregos, baixam salários, se contrata a prazo e se acaba com a velha conquista do movimento operário, no início do século xx, de oito horas de trabalho, oito horas de lazer e oito horas de descanso, era bom que se lembrassem que além do roubo que estão a fazer a quem trabalha também estão a semear uma guerra. E estas, quando começam, não se sabe como acabam."

Nuno Ramos de Almeida em 22 de junho de 2011

Autoria e outros dados (tags, etc)

1 comentário

De O abominável careca a 13.10.2011 às 21:54

Boas Noites e bom resto de serão!

Depois de ouvir a declaração do PPC só tenho a dizer que este gajo anad a a rranjar lenha para a sua própria fogueira!
Infelizmente não partilho a tua máxima, isto só lá vai mesmo é com um golpe de estado e respectivos julgamentos sumários para as entidades envolvidas!
Às eventuais "manifs" esta gente responderá com cacetadas à la carte, logo a solução só passará ppela organização de uma verdaeira mílicia armada para assim responder às provocações deste tipo de governantes!
Lembram-se da revolta popular que culminou no 5 de Outubro?!
A solução tem que passar por algo semelhante doutro modo duvido que os interessados consigam levar as suas pretensões a bom porto...

Um abraço e boa manif se for o caso...

Comentar:

De
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.
Comentário
Máximo de 4300 caracteres

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

subscrever feeds