Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rituais ecológicos de purificação.

por Fernando Lopes, 14 Dez 16

Diálogo hoje com a senhora da limpeza da empresa:

 

- Tenho um certo medo de ser enterrado, se calhar vou comprar um jazigo.

 

- Eu cá, quando morrer, quero ser carbonizada.

               

Autoria e outros dados (tags, etc)

Temas:

3 comentários

De redonda a 15.12.2016 às 19:17

acho que também prefiro ser carbonizada...


E isto lembrou-me uma anedota que vi num blog:
Um lisboeta, de passagem pelo Alentejo, foi surpreendido com a notícia de que um amigo tinha falecido e seria enterrado naquela tarde. Chateado com a situação, a perda de um amigo do peito, tentou saber onde seria o velório e depois de saber foi para lá. Ao chegar, viu que no caixão estava o morto inteiramente nu e ao lado um grande pote cheio de creme, na qual cada um dos presentes metia a mão e após apanhar um pouco, passava sobre o defunto. 
Surpreendido pela cena, coisa inusitada para ele, aproximou se da viúva e perguntou:
- Desculpe a minha ignorância, mas o que lhe estão a fazer, é tradição por aqui? 
- Não! É inédito! Nunca o fizemos. Ele é que pediu para ser cremado.

De Fernando Lopes a 15.12.2016 às 19:30

Repara que transformares-te em combustível fóssil é um processo que pode demorar centenas de milhares de anos. Por outro lado, é poético que tanto tempo depois ainda possas aquecer um idoso ou assar uma boa sardinha.
Image

De redonda a 15.12.2016 às 23:16

:) ora nem mais :)

Comentar:

De
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.
Comentário
Máximo de 4300 caracteres

Pesquisar

Pesquisar no Blog

Feedback

subscrever feeds